28/06/10

Faleceu um Homem Honesto


Viva!

Acabei de ler no Ecotretas a notícia do falecimento do Engenheiro Rui Moura.

Não tive o prazer de o conhecer pessoalmente, mas, certamente fiquei humanamente mais rico com o que aprendi ao ler o seu blog - Mitos Climáticos - e a ver as poucas intervenções que teve na comunicação social.

Um Homem Honesto, de uma gesta escassa nos dias que correm, que dedicou os últimos anos da sua vida a divulgar aquilo em que acreditava: a ciência. Não era pago por ninguém para defender esta ou aquela opinião, tal como Galileu ou Giordano Bruno ou Copérnico e tantos outros que enfrentaram sozinhos o poder das ideologias estabelecidas e pseudo-consensuais. Correu contra a corrente, não por uma fé dogmática em algo concreto, mas, pela validade do método utilizado para chegar às conclusões... Pela verdade dos dados utilizados para formular opiniões, produzir recomendações e tomar decisões que nos afectam profundamente, desde a lavagem cerebral operada pelos média até aos milhões obscenamente gastos num não-problema que beneficiam, sobretudo, as grandes empresas do sector energético e financeiro.

Portugal fica mais pobre com o seu desaparecimento, tal é a escassez de capital humano deste calibre num país apático e resignado. Homem digno da maiúscula, pode nunca ter recebido qualquer prémio que o reconhecesse nacional ou internacionalmente - aliás, um desconhecido para a maioria! -, no entanto, sinto orgulho de ser filho da mesma pátria que ele e camarada de luta pela honestidade da ciência e da política.

Sit Tibi Terra Levis - que a terra te seja leve! E que outros tenham o rigor e honestidade intelectual com que tu nos habituaste! A História, derradeiro juiz, far-te-á a devida justiça!

Com um sentido pesar!

António Gaito

1 comentário:

José Armando disse...

Recebi com grande tristeza a notícia, também não conheci este Homem, mas sempre o entendi como um ser humano com H maiúsculo como se diz por aqui, no Brasil. Tive o privilégio de trocar dois e-mails com ele. E também como afirma este Blog, eu muito aprendi com seus comentários e, mais que isso, com sua coragem de expor suas ideias num momento em que a ciência tem sofrido ataques de falsos defensores da verdade científica, como tem ocorrido nos embates acerca das propaladas mudanças climáticas. O senhor Rui sempre fez a opção preferencial pela verdade. Perde a ciência e a humanidade um grande Homem.